Você sabe determinar a precificação dos seus serviços de TI?

Você sabe precificar seus serviços de TI?

Quando decidiu empreender e abrir a própria empresa de TI, era só você à frente do suporte para poucos clientes. Ao passar do tempo, pelos feedbacks positivos sobre a qualidade do serviço prestado, viu um caminho para expandir atuação e contar com mais colaboradores. Com a equipe formada, conseguiu organizar os processos de trabalho conforme as funções de cada funcionário e sim, tornou-se um (a) empresário (a). Mas hoje ainda encontra entraves na hora de fazer a precificação do suporte de TI?

Ao longo deste artigo, apontamos algumas alternativas que ajudarão nessa busca por lucro e rentabilidade satisfatórios da sua empresa. Para acompanhar a parte financeira é necessário ir além das coordenadas de TI. A gestão de custos e preços é fundamental para identificar se o negócio está prosperando e o que fazer para continuar em crescimento exponencial. Ou se está vivendo no sufoco, reavalie a precificação dos serviços e como vem investindo na própria organização.

Etapas básicas para chegar à precificação ideal do suporte oferecido aos seus clientes

  • Gestão de custos 

Mantenha um acompanhamento contínuo sobre o custo que tem para manter a empresa funcionando e os colaboradores operando. Os gastos com energia elétrica, manutenção da infraestrutura, contabilidade, impostos, alimentação, despesas com reuniões e atendimentos externos, compra de materiais que melhoram a prestação de determinados serviços, salários e, claro, o tempo que leva para realizar os trabalhos.

  • Estude a concorrência 

Liste os concorrentes, principalmente os que atuam na mesma região que a sua empresa de TI. Verifique o preço praticado no mercado e, então, faça um comparativo entre os diferenciais de cada um. Se você já divulga os serviços na internet, também vale analisar como a concorrência se comporta no campo virtual.

  • Atenção ao feedback dos clientes 

É importante ouvir as considerações e questionamentos do cliente sobre os preços cobrados por cada serviço. Por outro lado, é indispensável que esclareça para ele o porquê da precificação estipulada, os gasto que sua organização também tem em cada processo e como acaba agregando valor no desenvolvimento das corporações atendidas.

A economia do mundo globalizado em que vivemos também depende de bons sistemas de informática para continuar progredindo e trocando informações que quebram barreiras geográficas. Por isso, ao reduzir muito os seus preços, estará contribuindo para a precarização do segmento de TI.

  • Estipule e avalie com frequência a tabela de preços 

Determine uma lista de preços, fixo ou por hora, dependendo do tipo de chamado. Além disso, não espere passar um ano ou mais para rever essa precificação, já que a economia passa por oscilações e consequentemente refletem nos preços. Tente avaliar a cada três ou seis meses.

E cuidado ao ofertar descontos e pacotes promocionais. Essas alternativas também precisam ser avaliadas, ou seja, se encaixam ao seu plano de negócio. Uma alternativa viável e que pode trazer bons resultados é personalizar os serviços, especialmente em um momento econômico instável no qual estamos atualmente. Assim, não perde o cliente que busca reduzir os gastos, oferecendo suportes pontuais para ele.

Existem instituições especialistas em assessorar empresas sobre a parte administrativa e financeira, entre elas, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Saiba mais: https://goo.gl/BakXxF

  • Avalie se é possível praticar responsabilidade social 

Você consegue separar uma verba para ações sociais? Empresas que contribuem com doações para entidades confiáveis e que ajudam com a mão na massa, agregam um ótimo valor ao próprio negócio. Mas se adota essa iniciativa apenas para ter a chance de receber incentivos fiscais, não sustentará essa responsabilidade social por muito tempo. É preciso genuíno interesse por uma causa.

  • Fortaleça os valores da empresa de TI com apoio de uma estratégia de Marketing 

Aproveite o meio digital para informar seus clientes e futuros clientes sobre as novidades dos seus serviços em TI, como as melhorias no suporte, parcerias feitas que ampliam atendimento e participação em eventos do mercado.

Tenha bom senso ao balancear as abordagens em e-mail marketing, posts em redes sociais, conteúdos em blog, entre outros canais. Não foque só na venda, explore também suas especialidades como forma de esclarecer dúvidas do seu público-alvo. Para isso, faça um planejamento e estabeleça uma periodicidade de publicação ou compartilhamento de conteúdos de instituições especializadas em Tecnologia da Informação.

Quer conferir outros temas em torno da gestão de TI? Continue acessando nosso blog.

Faça o teste gratuito por 15 dias para ver como ela aumentará a produtividade da equipe e a satisfação dos clientes: https://cadastro.milvus.com.br

help desk com acesso remoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *