Banner image

Entenda como funciona uma Consultoria de TI e como se tornar um consultor

28 de janeiro de 2020
Por Felix Schultz

Consultoria de TI é a terceirização de parte ou todo o serviço de TI para uma empresa. Também diz respeito a uma empresa formada por profissionais especializados em determinadas áreas, auxiliando clientes a escolher e implementar o melhor software de gestão, ou reestruturar a governança do setor interno, por exemplo.

São muitos os benefícios para uma empresa que contrata uma consultoria de TI. Por este motivo, existem cada vez mais empresas e profissionais voltados exclusivamente para este modelo de negócio.

Também conhecida como outsourcing, existem diferentes tipos de consultoria e a abrangência do serviço pode variar conforme a formação técnica da equipe.

Se você está buscando conhecer mais sobre o que é consultoria de TI e o que deve fazer para se tornar um consultor de sucesso, você está no lugar certo!

Neste artigo, falaremos sobre:

  • Consultoria de TI: o que é
  • Como funciona a Consultoria de TI?
  • Tipos de Consultoria de TI
  • Serviços de Consultoria de TI
  • Como abrir uma Consultoria de TI
  • Conheça a Milvus

Boa leitura!

 

Consultoria de TI: o que é

consultoria-de-ti-o-que-e
A consultoria de TI é uma consultoria especializada em assuntos estratégicos deste setor.

Consultoria de TI é a terceirização de serviços estratégicos de TI, de forma que a empresa possa se beneficiar com especialidades técnicas específicas de Tecnologia da Informação. Esses serviços podem auxiliar no planejamento de projetos, na tomada de decisões e no acompanhamento de todas as atividades.

Dessa forma, a gestão dos serviços pode elevar o padrão de qualidade; os erros são minimizados e até mesmo os custos são reduzidos. Isso acontece pois a consultoria de TI é uma forma de evitar retrabalhos, por exemplo.

Imagine a seguinte situação: uma empresa resolve mudar toda sua gestão de processos, automatizando e modernizando sua administração. Para isso, decide contratar um ERP, que é um software para gestão do seu negócio.

Sem conhecer muito bem as opções disponíveis ou qual nível técnico se encontra, o gestor escolhe a opção que mais lhe agrada, independentemente do motivo – seja pelo preço, pelo atendimento ou pelo feeling do gestor.

Depois de negociar e comprar a licença para uso da ferramenta, o gestor define a equipe que irá encabeçar todo o processo de implementação. Muitas semanas (e muito dinheiro) já foram investidas até aqui.

Na hora de instalar, configurar e começar a utilizar o novo ERP, os profissionais envolvidos se deparam com inúmeros problemas técnicos: equipamentos que não suportam o sistema, documentações e processos que não se aplicam às funcionalidades oferecidas pelo programa e muitos outros.

Resultado? Uma bela dor de cabeça, não é mesmo?

 

Vantagens da consultoria de TI para a empresa

Caso tivesse sido contratada, antes da compra do sistema, uma consultoria de TI teria:

  • estudado o cenário atual e a realidade do cliente, as dependências e requisitos necessários para bom andamento do projeto;
  • sugerido o sistema ideal para atender àquelas necessidades;
  • auxiliado no detalhamento ou escopo de todo o período de pré-instalação;
  • acompanhado e orientado toda a implementação;
  • treinado as equipes ou profissionais envolvidos com o novo sistema;
  • oferecido suporte para manutenção, buscando melhorar a performance e os resultados da empresa, conforme seus objetivos estratégicos.

As atividades de uma consultoria de TI teria reduzido o tempo de implementação, evitado complicações durante todo o processo e, claro, economizado dinheiro da empresa contratante – dinheiro que acabou sendo “jogado fora” na compra de uma ferramenta que não era aderente ao objetivo final.

 

O que é outsourcing de TI?

Outsourcing de TI é a prática de terceirizar responsabilidades como, por exemplo: gestão da infraestrutura, contratação de profissionais e controle das atividades do departamento de tecnologia da informação.

O termo, cada vez mais comum, é apenas uma forma pelo qual o serviço de consultoria de TI é conhecido.

Você pode ler mais sobre o assunto neste artigo, que explica o que é outsourcing de TI e quais os benefícios da terceirização.

 

O que faz um consultor de TI?

O consultor de TI é o profissional que trabalha nas empresas de consultoria, ou mesmo, atua como profissional autônomo. É ele quem vai atender as empresas clientes, ouvir suas necessidades e objetivos, entender o contexto e o cenário atual do negócio, buscando oferecer soluções aderentes às demandas.

Assim, o consultor é um profissional especialista em um determinado assunto, metodologia, linguagem de programação ou framework. Além disso, esse profissional deve possuir habilidades comerciais e de atendimento ao cliente, já que deverá gerenciar demandas, expectativas e cobranças de diversas empresas ao mesmo tempo.

 

Como funciona a Consultoria de TI?

Para melhor ilustrar o funcionamento de uma consultoria de TI, vamos trazer, abaixo, um simples passo a passo, desde o momento da identificação da necessidade até a conclusão do projeto.

Em resumo, o funcionamento se dá da seguinte forma:

  1. A empresa identifica a necessidade ou o problema.
  2. Com isso, busca no mercado por profissionais e empresas especializadas neste conhecimento (ou uma full, caso o objetivo seja terceirizar todos os serviços).
  3. A empresa deve analisar e considerar indicadores como histórico de clientes e cases, o atendimento inicial, da disponibilidade do consultor e, claro, o orçamento. Após isso, a empresa começa a negociar o modelo de trabalho e as questões contratuais.
  4. É nesta fase, por exemplo, que se definem questões como periodicidade das visitas ou reuniões, consultores responsáveis pela empresa e SLA, um item fundamental para assegurar a qualidade das entregas e a satisfação de ambas as partes.
  5. Fechados os acordos de contrato, o(s) consultor(es) começa(m) o trabalho de imersão e estudo do cliente.
  6. Para isso, é comum que o consultor fique alocado na sede do cliente por um período. O objetivo é participar das atividades e serviços de forma mais próxima.
  7. Entendendo o cenário atual, e detalhando as reais necessidades e requisitos, o consultor pode propor alguma solução para o problema inicial, pelo qual ele foi contratado.

 

Explicações sobre o funcionamento

Esta última etapa pode variar muito, de acordo com o problema ou o modelo de contrato. Por exemplo, a consultoria pode ser contratada para um projeto específico, com início, meio e fim. Ou então, o contrato pode ser uma assessoria mensal, sem definição de prazo de conclusão e sem escopo fechado.

Então, neste segundo modelo, o consultor irá apoiar as decisões sobre várias questões, resolvendo inúmeros problemas ou situações, conforme eles forem aparecendo.

Portanto, é normal que as consultorias conheçam profundamente seus clientes, sendo capazes de atuar estrategicamente em prol dos objetivos do negócio.

 

Tipos de Consultoria de TI

tipos-de-consultoria-ti
Com a tecnologia diminuindo distâncias, não há limites físicos para atuação dos consultores de TI.

As consultorias de TI podem ser separadas em três tipos, que variam conforme o modelo de contratação e localização da empresa terceira. Vamos entender:

 

Offshore

Algumas empresas optam por contratar consultores de outros países, especialmente os menos desenvolvidos, por oferecerem mão de obra mais barata. Por consequência, países como a Índia têm se destacando no setor da tecnologia, com inúmeros profissionais da área, trabalhando normalmente à distância, em todo o mundo.

 

Onshore

Neste caso, as empresas contratam consultores dentro do seu próprio país. O objetivo, aqui, não é reduzir custo, mas facilitar a comunicação, manter a proximidade entre consultor e cliente, o que facilita eventuais visitas presenciais e evitando conflitos culturais.

 

Nearshore

Aqui temos um meio termo. A empresa contrata consultores de outros países, buscando menores custos, mas opta por profissionais de países com o mesmo idioma, buscando reduzir mal entendidos por causa do idioma e evitando fusos diferentes, de forma que tanto a consultoria quanto a empresa cliente, possam estar disponíveis nos horários que necessitam.

 

Serviços de Consultoria de TI

servicos-de-consultoria-de-ti
A empresa pode decidir terceirizar parte ou toda a operação de TI.

A empresa pode decidir contratar um consultor de TI para diferentes modelos de trabalho ou tipos de serviço. Tudo depende:

  • dos objetivos dessa contratação;
  • da estrutura do setor de TI da empresa;
  • das competências ou expertises exigidas para o trabalho.

Mas, em geral, temos três modelos que costumam ser os mais comuns. São eles:

 

Sistemas e Equipamentos

Consultorias para sistemas e equipamentos são aquelas que orientam a compra e implementação de programas ou máquinas, apoiando o desenvolvimento da empresa, no que se refere à estrutura técnica e tecnológica.

Dessa forma, a empresa minimiza erros, reduz custos e agiliza o processo dessas mudanças, otimizando seus processos e contando com treinamentos ou suporte de profissionais especializados. Já demos um exemplo, acima.

A consultoria também pode apoiar ou se responsabilizar pela gestão de ativos, mantendo um inventário atualizado e garantindo a disponibilidade de todos os equipamentos.

 

Segurança e Infraestrutura

Para este modelo de negócio, a consultoria se volta especificamente às questões de segurança da informação e infraestrutura.

Com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) “batendo à porta” das empresas, é fundamental dispor de profissionais de TI especializados na legislação e capazes de adequar as operações da empresa.

Empresas que mantêm relações comerciais com países europeus já contam com consultorias especializadas na GDPR, a legislação que regula questões de segurança dos dados pessoais a privacidade na Europa.

Além disso, consultorias de infraestrutura garantem melhor performance do setor de TI, além de reduzir a indisponibilidade de sistemas e aplicações. Consultoria de infraestrutura também controlam acessos e permissões, garantindo mais segurança às informações estratégicas da empresa.

 

Consultoria Full

Por fim, temos a consultoria full, que assume todas as responsabilidades do setor de TI da empresa. Para empresas pequenas, contratar uma consultoria full pode ser muito útil e mais barato do que implementar internamente o departamento.

Dessa forma, a empresa pode investir seus recursos em processos relacionados à atividade-chave do negócio, deixando o planejamento e as decisões de TI para profissionais especializados na área.

 

Como abrir uma Consultoria de TI

Estude seu mercado

Como vimos, a consultoria pode atuar de diferentes formas e em variados tipos de serviço. Para definir onde você deseja se encaixar como consultor, a primeira coisa a ser feita é estudar seu mercado.

Você pretende atuar de maneira presencial nos clientes? Então, sua abrangência será reduzida à sua cidade e talvez cidades próximas.

Então, se pergunte:

  • Como são as empresas nessa região?
  • Elas possuem um departamento de TI maduro?
  • Quais as principais necessidades ou desafios enfrentados por essas empresas?

Quando você tiver essas respostas, poderá identificar as oportunidades que existem no mercado.

 

Faça um planejamento estratégico

Depois, é hora de planejar sua própria empresa. Mesmo que você pretenda trabalhar de forma autônoma, o planejamento estratégico é importante para orientar suas decisões e seu posicionamento profissional.

Você pode usar algumas metodologias mais rápidas para planejar seu negócio, como o Business Model Canvas.

 

Defina seu modelo de trabalho

Com a pesquisa de mercado e o planejamento estratégico, esse passo se resolve facilmente, visto que você já terá todas as informações necessárias para apoiar essa decisão.

De qualquer forma, é aqui que onde você define sua área de atuação, a forma de trabalho (reuniões presenciais, 100% remoto, alocado no cliente), os tipos de serviços oferecidos e os modelos de contratação (somente por projeto, somente consultoria mensal, ambos).

 

Busque uma certificação

É importante que você busque por certificações do setor, para validar sua expertise em determinado assunto. Além de mostrar profissionalismo, as certificações servem para atualizar seus conhecimento e te manter ativo no setor.

Procure também acompanhar eventos da área, além de cursos e novidades em áreas úteis, como empreendedorismo, administração e tecnologia, por exemplo.

Uma certificação bastante valorizada é a ITIL. Você pode conhecer mais sobre o assunto com a leitura do artigo ITIL: entenda o que é e quais são os seus benefícios.

 

Participe de eventos do setor

Falando em eventos, essa é outra importante dica que temos para você. O setor de TI muda rápida e constantemente. Novas tecnologias e dispositivos, além de sistemas estão sempre evoluindo. Ao não acompanhar essa movimentação, você pode ficar defasado.

Por isso, fique de olho nos eventos! Existem muitos, em vários lugares e o tempo todo. Muitos, inclusive, são gratuitos. Se você quer ser um consultor de TI de sucesso, é preciso acompanhar o ritmo.

 

Invista em sistemas de automação

Esta dica vale ouro! Mesmo trabalhando de forma autônoma, você precisará lidar com diferentes clientes e demandas. Portanto, utilizar sistemas que automatizem parte do seu trabalho, vai te ajudar a se concentrar nas situações mais exigentes e estratégicas. Não perca tempo no operacional ou em tarefas repetitivas.

Existem sistemas de abertura de chamados, por exemplo, que garantem autonomia aos clientes. Além de ajudar em suas tarefas, ainda permitem aumentar a satisfação dos seus clientes. Quer algo melhor?

 

Conheça a Milvus

A plataforma Milvus possibilita otimizar a gestão das ações de sua equipe de TI. Isso resulta no aumento da eficiência da produtividade da equipe.

A Milvus oferece um inventário inteligente, que permite o controle total de todos os dispositivos de seus clientes, otimizando as ações de sua equipe durante as rotinas de atendimento.

Além disso, com o helpdesk, outra funcionalidade do sistema, você consegue centralizar seus tickets e manter o controle de SLAS, o que pode aumentar em até 80% a produtividade de sua equipe.

Faça um teste gratuito ou solicite uma demonstração!

 

Conclusão

consultoria-de-ti-conclusao
Consultorias de TI têm ganhado espaço no mercado. São uma ótima oportunidade para profissionais que desejam investir no negócio próprio.

Como vimos, as consultorias de TI têm um bom espaço no mercado, atuando de diversas maneiras e sem limites geográficos, podendo conquistar clientes em toda a parte do mundo, dependendo do seu posicionamento.

Por isso, se você deseja investir no negócio próprio, se especializar e se certificar para trabalhar como consultor, é possível abrir muitas portas e inúmeras oportunidades. No entanto, não esqueça de oferecer um serviço de qualidade, além de manter a gestão do seu negócio sob controle.

Conte com sistemas de automação para garantir um atendimento eficaz, uma boa gestão de prioridades e o cumprimento dos prazos definidos. 

Quer mais dicas sobre gestão de TI? Confira os artigos que separamos para você:

Gostou deste artigo? Então compartilhe com seus colegas!