Veja como fazer a união da gestão de TI e governança corporativa

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cada vez mais, as empresas tomam decisões a partir da união entre estratégias de gestão de TI e governança corporativa. Isso porque, em um mundo continuamente desenvolvido, busca-se na tecnologia da informação os alicerces para o crescimento da organização.

Diante de um mercado competitivo, essa integração é de extrema importância para otimizar e agilizar os processos, visando maximizar a eficiência dos serviços prestados.

Pensando na relevância do tema para os gestores, elencamos alguns esclarecimentos sobre a relação entre gestão de TI e governança corporativa, e como a união entre ambos os conceitos ocorre na prática. Não deixe de conferir!

Qual o papel da gestão de TI?

A gestão de TI é voltada inteiramente para o gerenciamento de políticas operacionais do dia a dia da empresa. É, portanto, um sistema de controle sobre as atividades dos técnicos, da equipe de suporte e dos demais profissionais do departamento de tecnologia da informação.

O objetivo desse gerenciamento é o de garantir a otimização dos recursos disponíveis, tanto humanos quanto financeiros, com a maior eficiência possível. As métricas utilizadas para avaliar o desempenho desse setor podem ser levantadas a partir da análise acerca da eficiência dos equipamentos e das ferramentas disponíveis.

O gestor, além desses dados, também deve ter uma visão ampla e contextualizada sobre a organização dos processos internos de TI. A ideia é sempre a de avaliar a rotina dos usuários e verificar os pontos que afetam a excelência dos serviços, buscando estratégias de melhoria. As principais áreas da gestão de TI são:

  • segurança da informação;
  • suporte técnico;
  • programação;
  • administração de redes.

Qual o papel da governança corporativa?

A governança corporativa está relacionada à maneira como as corporações são dirigidas. Essa vertente administrativa tem como principal objetivo garantir resultados positivos e o desenvolvimento da instituição. Para tanto, goza de autonomia para dar as diretrizes de investimentos, planejamentos e lançamentos de serviço.

Pode-se dizer, portanto, que se trata do sistema ou da estrutura padrão pela qual a empresa é controlada. Busca-se, dessa forma, para uma boa administração, estabelecer objetivos sólidos e distribuir competências entre os colaboradores de maneira coerente. A governança corporativa é regida por alguns princípios, conforme mencionamos a seguir.

Transparência

Consiste em viabilizar ou disponibilizar informações de interesse coletivo para além das responsabilidades legais. A ideia é que essas políticas de transparência ultrapassem os interesses econômicos e contemplem os valores e os princípios máximos de credibilidade da empresa.

Equidade

Consiste no tratamento justo para todos os cooperadores e sócios da empresa. A equidade é um conceito mais amplo porque, diferentemente do termo “igualdade”, leva em consideração os direitos, as responsabilidades e as necessidades específicas de cada indivíduo.

Prestação de contas

A prestação de contas é o princípio que atribui aos agentes da governança a responsabilidade de explanar de maneira clara e pública as atividades realizadas na instituição. Isso traz a ideia de que cada indivíduo deve arcar com seus próprios compromissos e assumir as consequências de seus atos na administração da empresa.

Responsabilidade corporativa

Esse princípio busca atribuir aos governantes a ideia de que sempre se deve buscar a viabilidade econômico-financeira para a instituição. Isso quer dizer que todos os atos devem ser norteados pela intenção de reduzir externalidades negativas e de aumentar as externalidades positivas. 

Qual a relação entre esses conceitos e de que forma a união entre eles pode beneficiar a empresa?

Diante desses dois conceitos, nota-se uma profunda relação entre gestão de TI e governança corporativa. Quando caminham juntas, essas abordagens administrativas podem tornar os processos da empresa mais eficazes. Isso faz com que a instituição esteja mais apta a se desenvolver e competir no grande mercado.

O alinhamento, portanto, pode:

  • manter a empresa atualizada;
  • garantir melhoria contínua dos resultados;
  • gerenciar a evolução tecnológica;
  • criar políticas de compliance;
  • aumentar a segurança das informações. 

O trabalho conjunto com gestores de TI ajuda a definir as estratégias para a construção de uma cultura corporativa produtiva e eficiente. A partir dessa perspectiva, poderão ser reduzidas as falhas, elevando as margens de lucratividade da organização.

Os princípios da tecnologia da informação e da governança corporativa, juntos, também podem contribuir para a descoberta e para o alcance do público-alvo, de modo a tornar o produto mais atraente e alinhado com as expectativas do consumidor.

Como unir ambas as estratégias para atingir metas no negócio? 

É essencial, antes de tudo, observar o quadro da empresa. Se as áreas administrativas vão trabalhar alinhadas para suprir as necessidades do negócio é, portanto, necessário conhecer essas demandas.

Uma maneira de iniciar esse movimento para atingir resultados e unir as estratégias é avaliar, em conjunto, os recursos disponíveis da instituição e orientar sua distribuição e o seu uso consciente. Lembre que os recursos abrangem desde profissionais qualificados para o atendimento até o orçamento financeiro. 

Por meio de um planejamento detalhado, a empresa poderá otimizar os custos e reduzir os riscos operacionais. Analisando as fragilidades tecnológicas, a TI será a responsável por fortalecer o controle de sistemas e criar mecanismos de segurança de dados para proteger a credibilidade e a reputação da organização.

Essa união também pode ser feita com o fortalecimento do diálogo interno, possibilitando que as estratégias se alinhem e que a empresa cresça da maneira mais segura e sustentável possível.

Quando a gestão de TI acompanha as necessidades da corporação, há maior probabilidade de crescimento da instituição no mercado. Isso ocorre por conta do elevado grau de equiparação no ritmo de trabalho, que consegue suprir as demandas da organização por meio da tecnologia e auxiliar no gerenciamento corporativo.

Para unir gestão de TI e governança corporativa, é importante ter um sistema integrado e completo de gerenciamento, com automação de serviços e utilização de softwares. Nesse sentido, é de extrema importância contar com empresas que oferecem esses serviços.

O avanço dessas tecnologias possibilita que, hoje, o gestor concentre-se mais em estratégias para lançar a marca de sua empresa no mercado competitivo sem grandes preocupações com processos de menor complexidade.

E então? Gostou do nosso conteúdo? Para mais dicas e informações sobre gestão e tecnologia da informação, acesse o nosso site!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.