4 razões para contratar um software de monitoramento de serviços de TI

A transformação digital vem fazendo da tecnologia uma grande protagonista do mercado atual. Hoje, investir em ferramentas e soluções inovadoras é algo que resulta na geração de valor para os negócios. Consequentemente, o setor de TI desempenha papel cada vez mais estratégico dentro da empresa.

Entretanto, é comum que o desempenho em certos processos não receba a devida atenção. Por isso, o monitoramento de serviços de TI deve fazer parte obrigatória da rotina de gestão. E não há melhor forma de garantir sua eficiência que contratando um software desenvolvido especificamente para essa finalidade.

Pensando nisso, tiraremos aqui suas dúvidas sobre o assunto, além de mostrar os 4 maiores benefícios de contar com uma ferramenta desse tipo!

A importância do monitoramento de serviços de TI

Nos últimos anos, o sistema de TI deixou de ser responsável simplesmente por resolver problemas estruturais e dar suporte técnico à empresa. Atualmente, seu funcionamento está diretamente ligado à experiência do cliente em relação aos serviços e produtos de uma empresa. Em muitos casos, ele é o próprio serviço oferecido.

Isso faz com que seja necessário manter uma plataforma no ar de forma ininterrupta — afinal, qualquer instabilidade ou queda do serviço pode impactar nos resultados dos negócios. Além disso, qualquer tipo de falha pode gerar gargalos e comprometer a eficiência operacional de toda a empresa.

Em outras palavras, é preciso garantir a estabilidade e a qualidade desses serviços. Para isso, é fundamental implementar um sistema de monitoramento, pois é ele quem permite a adoção de indicadores para avaliar se tudo está funcionando conforme o planejado. A performance da rede, o tráfego e outros fatores passam a representar uma base para a tomada de decisões.

Afinal, se um momento de instabilidade for identificado, será preciso agir rapidamente para corrigir a falha. Por outro lado, mesmo em um cenário considerado satisfatório, monitorar os serviços de TI permite a atuação em busca de melhoria contínua em seu funcionamento.

Estamos falando de um processo de gestão de TI que visa otimizar o uso dos recursos e, ao mesmo tempo, melhorar a qualidade dos serviços oferecidos. O resultado é um crescimento no retorno sobre o investimento.

Porém, o software de monitoramento é uma ferramenta que faz toda a diferença nesse processo. Falaremos a seguir sobre as razões para contar com um na sua empresa.

As vantagens de contratar um software para essa função

O processo de monitoramento, como um todo, pode ser melhorado de diversas formas. No geral, ele se torna mais orgânico em relação às outras atividades de TI, sendo integrado à rotina da equipe e principalmente do gestor.

Entretanto, é interessante abordar seus principais benefícios individualmente para entender os motivos de seu impacto positivo ser tão significativo.

1. O tempo de resposta é reduzido

Assim como em outras atividades de suporte de TI, é fundamental que o tempo de resposta seja o mais rápido possível. Porém, isso não depende apenas de uma equipe capacitada — é preciso adotar estratégias para identificar problemas com agilidade. E é esse o maior diferencial de um software.

O monitoramento se torna proativo, pois antecipa as falhas que possam ocorrer em servidores, bancos de dados, equipamentos de rede e demais componentes da infraestrutura.

Consequentemente, o gestor é capaz de definir com mais rapidez as medidas a serem tomadas, delegando funções e estabelecendo planos de ação mais eficientes.

2. O tempo de inatividade tende a ser zerado

Quando uma queda no sistema é descoberta, toda a atenção da equipe de TI é direcionada para a investigação e solução do problema. Entretanto, o que o software de monitoramento permite é um trabalho de prevenção desse tipo de incidente, já que ele trabalha com a identificação de anomalias nos serviços de TI.

Um estudo da Dun & Bradstreet mostra que esse tipo de situação causa prejuízos enormes para as empresas. A adoção de um software de monitoramento é uma das medidas mais eficientes para reduzir a ocorrência das quedas — e, eventualmente, zerar esse índice.

3. Os danos causados são minimizados

Outro estudo, da Emerson Network Power, mostra que o prejuízo de desastres para grandes empresas custa, em média, 5.000 dólares por minuto. Esse impacto negativo é resultado, por exemplo, da diminuição no número de vendas durante o período de inatividade.

Ao monitorar a performance dos serviços de forma proativa, os profissionais de TI são capazes de reduzir o tempo de inatividade, assim como o índice de ocorrência, como destacamos anteriormente.

Desse modo, esses impactos podem ser reduzidos, assim como seus custos, e o resultado é um aproveitamento maior do investimento financeiro no setor.

4. A qualidade dos serviços aumenta significativamente

Sabemos que os clientes de hoje estão cada vez mais exigentes. Não basta oferecer um serviço bom — é preciso garantir uma experiência única durante todo o contato entre ele e sua empresa. Por isso, instabilidades em plataformas on-line se mostram inimigas indesejadas para qualquer negócio.

Um software de monitoramento permite que elas sejam evitadas e que suas aplicações se mantenham operantes de forma estável. Consequentemente, o cliente poderá acessar seus serviços sem dificuldade, desenvolvendo uma relação de confiança e satisfação com sua marca.

Esse aumento na qualidade dos serviços impacta diretamente no valor que sua empresa adquire perante a concorrência.

Tendo isso em mente, você pode estar se perguntando o que deve procurar em um software de monitoramento. Para lhe ajudar, destacaremos os pontos mais importantes a seguir.

As características de um bom software de monitoramento

Em primeiro lugar, é essencial que essa ferramenta apresente uma usabilidade intuitiva. Isso significa que ela deve ser fácil de usar, com interface amigável e descomplicada. Afinal, essa é a tendência dos melhores softwares do mercado — eles devem facilitar a vida dos usuários, evitando a necessidade de um extenso treinamento antes da adoção.

Além disso, certifique-se de que ele ofereça opções de monitoramento avançado. Por mais que seja importante contratar uma ferramenta de fácil implementação, o ponto mais importante continua sendo o seu desempenho. O software precisa ser eficiente e gerar insights relevantes para a atuação do time de TI.

Em outras palavras, ele deve ter parâmetros configuráveis para o monitoramento, gerar relatórios com informações úteis, permitir o acesso remoto etc. Lembre-se de buscar por empresas com boa reputação no mercado e levantar junto a elas os resultados já obtidos pelos softwares oferecidos.

Por fim, vale destacar a importância de uma ferramenta com alto padrão de segurança da informação. Vivemos em uma época na qual os ciberataques e sequestros de dados são grandes inimigos de qualquer pessoa ou empresa com presença no mundo digital. Faça uma escolha segura e mantenha seus dados protegidos.

Como você pode ver, é possível contar com o monitoramento de serviços de TI para otimizar ainda mais o uso de tecnologia na sua empresa. Faça uma avaliação da sua gestão de infraestrutura de TI e veja como ela pode render muito mais com o apoio dessa ferramenta!

Gostou do post? Então, inscreva-se em nossa newsletter e receba gratuitamente mais conteúdos sobre o tema!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *